FIOCRUZServiços
Homepage -> Novidades -> atualidade -> Projeto CUIDA Chagas lança website e redes sociais

Projeto CUIDA Chagas lança website e redes sociais 23/08/2022

Cuida Chagas

No dia 10 de agosto, o projeto CUIDA Chagas promoveu o lançamento de plataformas digitais com o objetivo de aumentar a visibilidade para a doença de Chagas e divulgar as suas atividades. Além do website, o projeto inicia seu caminho nas redes sociais com uma página no Facebook e conta no Instagram. O projeto, coordenado pelo Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), conta com a parceria com o Instituto Nacional de Salud – INS (Colômbia), o Instituto Nacional de Laboratorios de Salud – INLASA (Bolívia), o Servicio Nacional de Erradicación del Paludismo – SENEPA (Paraguai), a aliança global para diagnósticos – FIND, e o financiamento de Unitaid e do Ministério da Saúde do Brasil.

O conteúdo do website está em português, espanhol e inglês, destacando a presença de material educativo, novidades científicas, material formativo para trabalhadores da saúde e notícias sobre os avanços do trabalho em campo nos mais de 30 municípios e quatro países onde o projeto CUIDA Chagas atua. Este conjunto de ferramentas busca aumentar o engajamento e a sensibilização através de uma linguagem próxima, clara e atual.

A comunicação e o engajamento das comunidades são processos fundamentais incorporados no projeto para promoção do direito à saúde das pessoas acometidas. “Parte da dificuldade que existe ao se trabalhar com doenças negligenciadas é que elas são desconhecidas pela maior parte da população. Mesmo quando a informação existe, ela é muitas vezes inapropriada, sendo necessária a quebra de alguns paradigmas, como a inexistência de tratamento ou cura e o desconhecimento das diversas formas de transmissão. Trabalhar em busca do controle da doença de Chagas envolve o desafio de estimular a demanda por serviços, introduzindo a temática Chagas em discussões cotidianas e tornando-a relevante para diversos públicos. Isto exige utilizar linguagens e espaços diversos, inclusive as plataformas digitais”, comenta Andrea Silvestre, pesquisadora principal do projeto.

Dentre os objetivos específicos dos canais digitais destaca-se trabalhar a quebra de estigmas e preconceitos que existem sobre Chagas, os quais acabam dificultando o acesso à saúde às pessoas afetadas. “Chagas não é uma doença do passado, que acontece apenas com pessoas idosas ou em áreas rurais, como muita gente pensa. Trata-se de uma problemática atual que afeta entre seis e oito milhões de pessoas e está presente em todas as idades e classes sociais, sendo também relevante em ambientes urbanos. Faz parte do nosso trabalho conseguir que mais pessoas conheçam essa realidade e decidam se engajar em ações individuais e coletivas para o controle da doença”, ressalta Javier Abi-Saab, gerente de comunicação e engajamento comunitário do CUIDA Chagas.

Sobre o projeto

CUIDA Chagas é uma iniciativa internacional que tem como principal objetivo contribuir para a eliminação da transmissão vertical da doença de Chagas, a qual acontece durante a gravidez ou parto. Para isso, estão sendo realizadas pesquisas de inovação e implementação que visam melhorar o diagnóstico, tratamento e cuidado das pessoas acometidas pela doença de Chagas em mais de 30 municípios do Brasil, Bolívia, Colômbia e Paraguai.

Visite o site e redes sociais para conhecer mais sobre o projeto!

Matéria publicada originalmente dia 11/08/2022 em https://portal.fiocruz.br/noticia/projeto-cuida-chagas-lanca-website-e-redes-sociais-0